quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Cocal do Sul em busca de medalhas durante a 2ª fase da OBMEP 2016



Trinca e quatro estudantes das escolas municipais Demétrio Bettiol e Cristo Rei de Cocal do Sul participaram, sábado (10/09), da segunda e última etapa da 11ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP).  A competição, promovida pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) tem como objetivo incentivar o estudo da matemática e revelar talentos. As provas foram realizadas na EEF Demétrio Bettiol.

A escola EEF Demétrio Bettiol participou com 18 dos 19 alunos classificados e a EEF Cristo Rei, com 16 dos 19 estudantes. Quatro dos classificados não compareceram. Os participantes foram acompanhados pela Secretária de Educação Ana Paula Cechinel, Coordenadora Luciane Idêne Rosso dos Santos Leal, Diretora Elaine Correa, auxiliar de direção Adriana Cancelier e pela professora Diana Morona.

A prova da 2ª fase da competição teve duração de três horas e contou com seis questões discursivas que exigiu dos alunos expressão de forma clara dos cálculos e raciocínio empregado. A correção será realizada em duas etapas. A primeira será regional por professores universitários indicados pela coordenação da Olimpíada e, a segunda nacional, por um grupo de professores supervisionado pelo comitê de provas da OBMEP. 
No dia 30 de novembro serão divulgados os premiados da OBMEP 2016. A premiação irá contemplar 6,5 mil medalhistas, sendo 500 de ouro, 1,5 mil de prata e 4,5 mil de bronze, além de 46.200 ganhadores de menções honrosas.

Os medalhistas serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC 2014), que será realizado em 2017. Também serão premiados professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacarem em virtude do desempenho dos alunos.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Cocal presta homenagem aos 131 anos de história durante desfile cívico

A força e o desenvolvimento de Cocal do Sul foram enaltecidas durante o desfile cívico de Cocal do Sul que prestou homenagem aos 131 anos de história do município. Ao som da Banda Musical, as escolas e entidades desfilaram com orgulho e trouxeram para a Avenida Polidoro Santiago, os primeiros passos da colonização, o Núcleo Accioly de Vasconcelos e linhas coloniais, as primeiras famílias, origem do nome do município, criação do distrito, indústria, comércio, agricultura, bairros, centenário, igrejas, entre outros subtemas destacados.

O hino nacional foi executado pela Orquestra Sinfonia de Louvor, na Igreja Evangélica Assembleia de Deus. As bandeiras do Brasil, Santa Catarina e Cocal do Sul foram trazidas pelas alunas, Esthefani Possamai, Manuela Mendes e Bruna de Jesus Saccon e hasteadas pelos sargentos da Polícia Rodoviária, Edson Nilton Santana, Polícia Militar, Alexandre Fontoura e Corpo de Bombeiros, Arnoldo Batista de Souza. O desfile abriu  com a coreografia das balizas por meio da Ginástica Rítmica Desportiva. Em seguida, crianças, jovens e adultos levaram para a comemoração cívica uma história de 131 anos de colonização ao som da Banda Marcial de Cocal do Sul, regida pelo maestro Rodrigo Cardoso.  

Durante o desfile, o Corpo de Bombeiro surpreendeu ao fazer o hasteamento da bandeira do Brasil do alto de um edifício central. O Coral Cala/Apae  juntamennte com o maestro Jaime De Brida emocionou ao cantar, enfrente ao palanque, a música da colonização italiana e a aluna do Cristo Rei, cantou e encenou o hino de Cocal do Sul.

Os projetos da Secretaria de Educação como, Clubinho da Matemática, Jogos de Mesa, Música, laboratório de aprendizagem e Coral também apresentaram seus resultados, além das igrejas Católica e Assembleia de Deus que desfilaram verdadeiro exemplo de fé. Além disso, as escolas municipais, estaduais, particular, Corpo de Bombeiros, Escoteiros, Cala/Apae, Terceira Idade, Fundac, Empresas Eliane Revestimentos Cerâmicos, Proerd, Unibave/Univit, Leo Clube,  Corte da IV Cocalfest, Moto Clube Águias de Aço, Academia Kiko Team, Departamento Municipal de Esportes abrilhantaram o evento realizado pela Secretaria de Educação, Esporte e Cultura.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Comemoração Cívica irá homenagear Cocal do Sul pelos 131 anos de história

Com o tema “Cocal do Sul 131 anos de História”, a Secretaria de Educação, Esporte e Cultura de Cocal do Sul irá prestar homenagem ao município durante a comemoração cívica no dia 7 de setembro. A cidade é uma das poucas na região a realizar o desfile neste ano. A comemoração cívica acontecerá às 8h, na Av. Polidoro Santiago.  A programação contará com a apresentação de mais de 30 escolas, entidades e grupos e reunirá milhares de pessoas.


No dia 5 de setembro, segunda-feira, o município realizará a abertura da comemoração cívica. O ato acontecerá na praça da igreja matriz, às 8h30min, com o hasteamento das bandeiras do Brasil, Santa Catarina e Cocal do Sul pelos alunos das escolas do município.

Segundo a Secretária de Educação, Ana Paula Cechinel a comemoração terá foco a cultura, história e desenvolvimento.  “Por meio deste tema queremos evidenciar a força do nosso município que merece nosso reconhecimento. Durante o desfile nós iremos trazer os primeiros passos da colonização, o Núcleo Accioly de Vasconcelos e Linhas Coloniais, as primeiras famílias, origem do nome do município, criação do distrito, indústria, comércio, agricultura, bairros, centenário, igrejas, entre outros subtemas que serão destacados. Todos os Sul-Cocalenses são convidados a participar conosco deste momento importante de civismo à nossa Pátria”, relata.

ORDEM DO DESFILE:
1. Bandeiras Oficiais
2. Faixa Secretaria da Educação, Esporte e Cultura
3. Banda Musical de Cocal do Sul
4. Coreografia de abertura
5. Corpo de bombeiros
6. Escoteiros
7. CALA/APAE: Os primeiros passos da colonização
8. Grupo da Terceira Idade: O Núcleo Accioly de Vasconcelos e Linhas Coloniais
9. IEI Zilda Búrigo Bosa: Início da colonização
10. IEI Octávia Búrigo Gaidzinski “Morada da Alegria”: Família Cechinel
11. IEI Lenita Izabel da Silva: Família Possamai
12. IEI Helena Savi: Família Smania
13. IEI Fernando de Fáveri “Pequeno Príncipe”: Origem do nome do município
14. IEI Cantinho Alegre: A criação do distrito de Cocal
15. IEI Maximiliano Gaidzinski “Os Amigos”: A indústria e o comércio de Cocal do Sul
16. IEI Prof. Maria Nunes Trichês “Recanto Feliz”: Aspectos Culturais
17. EEB Prof. Giovanni Battain: Agricultura no município
18. EEB Prof. José Perucchi: Bairros do município
19. Colégio Cocal: Aspectos Educacionais em Cocal do Sul
20. EEB Prof. Francisca M. de Oliveira Búrigo: 30 anos de aniversário
21. EEB Prof. Pe. Schuler: Grupo Escolar Padre Schuler
22. EEF Demétrio Bettiol: O Centenário da Colonização do Distrito de Cocal– 131 anos
23. EEF Cristo Rei: 25 anos de emancipação político-administrativa
24. Projetos da Rede Municipal
25. PROERD
26. FUNDAC – Coleta Seletiva
27. Empresas Eliane: Importância da empresa para a economia do município
28. CMG – Colégio Maximiliano Gaidzinski: Trajetória da escola técnica
29. Unibave: Trajetória do ensino superior
30. Igreja Evangélica: Trajetória da igreja evangélica no município
31. Lions Clube / Leo Clube: as principais ações realizadas
32. Igreja Católica: trajetória da igreja católica no município/ padres que trabalharam em Cocal do Sul
33. Academia Kiko Team: Qualidade de Vida
34. DME – Departamento Municipal de Esportes: Esporte no município
35. Carro da Rainha e Princesas da IV CocalFest
36. Águias de Aço
37. Encerramento com Banda Musical

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Projeto de Cocal do Sul fica em 1º lugar na IV Feira Regional de Matemática

Trabalho dos alunos do ensino fundamental foi classificado para representar a região na Feira Catarinense de Matemática que acontecerá em outubro em Timbó


 

Dos 31 trabalhos apresentados durante a 4ª edição da Feira Regional de Matemática, o projeto desenvolvido pelos alunos de Cocal do Sul ficou em primeiro lugar na classificação, na categoria ensino fundamental.  O resultado de melhor trabalho, agora irá levar a pesquisa do município para representar a região na 32º Feira Catarinense de Matemática, que será realizada na cidade de Timbó, nos dias 26, 27 e 28 de outubro.


Esse é o segundo ano consecutivo que Cocal do Sul se destaca nas feiras de matemática por meio do Clubinho da Matemática, projeto desenvolvido pela Secretaria de Educação nas escolas municipais. Neste ano, o trabalho que encantou os apreciadores da Feira teve como tema "A Matemática dos Revestimentos Cerâmicos". Ele conta a história do município e processo de fabricação dos revestimentos cerâmicos da principal indústria do país que, possui sua matriz em Cocal, por meio de diferentes conceitos matemáticos.


O trabalho envolveu alunos do 4º ao 9º ano das escolas municipais José Perucchi, Cristo Rei e Demétrio Bettiol, sob a orientação das professoras Diana Morona e Maria Albertina Guizzo. Segundo a professora de matemática, Diana Morona o projeto abrange uma proposta de ensino dos conceitos matemáticos com o objetivo de desenvolver nos alunos o aprendizado das operações, figuras geométricas planas (quadrado, retângulo, triangulo e hexágono), simetria e plano, ângulos, fração, área e perímetro através da história e do processo de fabricação de revestimentos cerâmicos. “Nosso desafio enquanto professores é estimular o gosto para o aprendizado da matemática. Por isso se faz necessário elaborar iniciativas e metodologias que despertem nos alunos o interesse, criatividade, estímulo e desenvolvimento de habilidades de pensamento. Sem dúvida, integrar a história, processo e fabricação do revestimento à matemática na sala de aula, torna-se um forte apelo ao lúdico e um envolvente desafio para o aluno”, ressalta.


Para a aluna participante do projeto Lya Filastro Rodrigues, de 9 anos, da escola municipal Demétrio Bettiol, essa é uma iniciativa que faz a diferença. “O Clubinho da Matemática me estimula a buscar coisas novas, a gostar mais da matemática e a ver como é grande a sua ligação com o dia a dia e o desenvolvimento intelectual. Além disso, poder aliar tudo isso ao destaque de primeiro lugar em um projeto, é maravilhoso. Quer dizer que estamos cada vez melhores”, observa.

A apresentação dos trabalhos foi realizada na terça-feira, dia 30, no Ginásio do Centro de Educação Profissional Abílio Paulo (CEDUP), de Criciúma. O evento foi uma realização do IFSC, Secretaria de Educação de Criciúma e GERED envolveu 62 alunos das escolas da região da Amrec.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Cocal do Sul se prepara para a Comemoração Cívica

Abertura da Semana da Pátria será realizada no dia 5 de setembro com o hasteamento das bandeiras

A Secretaria de Educação, Esporte e Cultura de Cocal do Sul irá realizar no dia 5 de setembro, segunda-feira, a abertura da comemoração cívica. O ato será realizado na praça da igreja matriz, às 8h30min, com o hasteamento das bandeiras do Brasil, Santa Catarina e Cocal do Sul pelos alunos das escolas do município.

O município também será um dos poucos na região a celebrar o desfile no dia 7 de setembro. A comemoração cívica acontecerá às 8h, na Av. Polidoro Santiago.  A programação contará com a apresentação de mais de 30 escolas, entidades e grupos. Neste ano, o desfile terá como tema “Cocal do Sul 131 anos de História”.

Segundo a Secretária de Educação, Ana Paula Cechinel a comemoração terá foco a cultura, história e desenvolvimento.  “Por meio deste tema queremos evidenciar a força do nosso município que merece nosso reconhecimento. Durante o desfile nós iremos trazer os primeiros passos da colonização, o Núcleo Accioly de Vasconcelos e Linhas Coloniais, as primeiras famílias, origem do nome do município, criação do distrito, indústria, comércio, agricultura, bairros, centenário, igrejas, entre outros subtemas que serão destacados”, relata.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Xadrez de Cocal registra bons resultados durante o IRT 2200 em Içara

 
O xadrez de Cocal do Sul registrou bons resultados, no último final de semana. Sete alunos do projeto desenvolvido pela Secretaria de Educação, Esporte e Cultura, “Jogos de Mesa” participaram do IRT 2200 Pensado de Xadrez, em Içara. Ao todo, foram sete rodadas divididas em três dias de competição. “Tivemos bons resultados como nossos alunos. Foi o primeiro campeonato do gênero pensado de alguns dos nossos participantes num evento onde reuniu três campeãs brasileiras”, observa o professor Gustavo Meneghel. Durante a competição, Vinicius da Costa Alves fez 4 pontos, Sarha Pimentel e Angelo José da Rosa marcaram  3, Gabriel Gregório Fernandes e Maicon Machado somaram 2 pontos cada e Álvaro Zanelatto e Nicoli Claudino Goulart registraram 1 de 7 possíveis. “A iniciativa proporciona uma experiência nova para os alunos da modalidade de Xadrez, visando o desenvolvimento educacional por meio do Esporte. É sempre bom jogar com os melhores da região e do estado de Santa Catarina, com certeza nossos alunos aprenderam muito e estarão preparados para os próximos campeonatos”, finaliza Gustavo.


quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Alunos recebem treinamento de mestres da UFSC para a Olimpíada Mirim de Matemática

  
Cocal do Sul recebeu, na última semana, as professoras da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) e coordenadores da ORMM (Olimpíada Regional Mirim de Matemática),  Msc. Alda Dayana Mattos Mortari, Msc.  Gilles Gonçalves de Castro e Msc. Carmem Suzane Comitre Gimenez para um treinamento realizado com os alunos das turmas dos 5º anos das escolas municipais José Perucchi, Cristo Rei e Demétrio Bettiol. A capacitação tem o objetivo de preparar os estudantes para a ORMM que acontecerá no dia 30 de setembro de 2016.  

 "Essa capacitação é uma possibilidade para os alunos e as professoras titulares das turmas terem uma ideia de como será a prova e de aprenderem sobre os conceitos matemáticos que irão cair no exame”, relata a professora Diana Morona.

O evento é uma competição realizada em apenas uma etapa, uma vez por ano, com os alunos do 5º ano do ensino fundamental. A prova possui no máximo, cinco questões discursivas.  Da região somente Cocal do Sul e Içara participam desta competição fora da grande Florianópolis. 

A escolha de Cocal do Sul aconteceu em função do destaque do município nas olimpíadas nacionais de matemática, bem como, o pedido das professoras do projeto municipal Clubinho de Matemática, Diana Morona e Maria Albertino Guizzo.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Alunos de Cocal do Sul são premiados com medalhas de prata e bronze em Florianópolis pela OBMEP


Os alunos Gabriel Savi e Lucas Westfal, das escolas municipais Demétrio Bettiol e Cristo Rei de Cocal do Sul, foram destaque nesta semana, durante a cerimônia de premiação da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas 2015 (OBMEP) para os medalhistas de prata e bronze. Eles receberam das mãos do coordenador de Santa Catarina da OBMEP, Licio Hernanes Bezerra, as medalhas de bronze e prata, respectivamente, na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, em Florianópolis. 

Na rede municipal do município, também foram agraciados os alunos Pedro Lucas Inocente e Luigi Sartor que não puderam estar presentes na cerimônia e foram representados pelas diretoras Elaine Correa e Adriana, das escolas EEF Demétrio Bettiol e EEF Cristo Rei juntamente com a secretária de Educação, Ana Paula Cechinel. Durante o evento também foram premiadas, as professoras de matemática Maria Albertina Guizzo e Vilma Mari Bento. Segundo a professora do Clubinho da Matemática de Cocal do Sul, Diana Morona, Santa Catarina está em 3º lugar geral no Brasil em número de medalhas e menção honrosas conquistadas durante a Olimpíada. “Junto com o Estado, Cocal do Sul só vem a somar. A cada ano, o município vem alcançando resultados promissores com  destaque regional, estadual e nacional. 

Esse avanço está totalmente ligado ao apoio da Secretaria de Educação na criação, em 2013 e manutenção do projeto do Clubinho de Matemática desenvolvido nas escolas. Desde a criação da OBMEP, em 2005 até 2012, nossa cidade havia um registro de 8 menções honrosas conquistadas. Em 2013 até 2015, com o trabalho realizado por meio do Clubinho, passamos para 28 menções honrosas, 7 medalhas de bronze, 1 medalha de prata e 2 medalhas de ouro. Dados que só comprovam a eficácia do projeto e do investimento e dedicação depositadas”, relata.

Neste ano, o município realiza um preparo intensivo com os alunos classificados para 2ª fase das escolas municipais para conseguir ampliar ainda mais esses números.

Olimpíadas Regionais de Matemática

Além da OBMEP, Cocal do Sul também se destaca nas Olimpíadas Regionais de Matemática. Em 2015, o município recebeu três menções honrosas nos níveis 1(6º e 7º ano) e 2 (8º e 9º ano) e na categoria Mirim ( 5ª ano) com 1 medalha de prata, 5 medalhas de bronze e 4 menções honrosas, sendo que, nesta olimpíada, foi a primeira vez que as escolas participam.